Ransomware
Se seus arquivos foram encriptados, aceitamos o desafio de analisar seu caso.

Ransomware Darkside

De acordo com os dados, a primeira aparição do Ransomware Darkside aconteceu por volta de agosto de 2020. Desde então, o grupo por trás dos ataques Darkside vem atingindo empresas de todos os setores ao redor do mundo.

A visão de Ransomware as a Service (RaaS) vem se democratizando cada vez mais entre os cibercriminosos. Fazendo com que qualquer detentor do malware, se veja capacitado em realizar um ataque contra uma empresa. A única demanda do grupo que vendeu o malware é de receber uma porcentagem em cima de cada ataque.

É certo que muitos grupos de hackers efetuam ataques em massa a empresas aleatórias com a esperança de que uma delas aceite pagar o resgate. Porém, o histórico de ataque do grupo Darkside, vem colocando em evidência uma estratégia de estudo de empresas bem minuciosa.

A complexidade dos ataques e o alvo em empresas de grande porte, vem mostrando um entendimento bem avançado da estrutura de segurança e dos sistemas da vítima.

Além de serem organizados em seus ataques, o grupo Darkside pratica a famosa dupla extorsão. Uma vez que o ataque foi bem sucedido, eles pedem um segundo pagamento de resgate para a vítima, ameaçando levar a público as informações roubadas.

Ou seja, em troca de seus dados, a empresa terá que desembolsar um primeiro resgate para ter seus dados de volta e um segundo para que os cibercriminosos não levem informações sigilosas ao grande público. O que por sua vez, pode ter inúmeras consequências, como por exemplo uma multa por não respeitar a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

O grupo Darkside mantém o cuidado para não lançar o ransomware no ambiente antes de certificar que a área foi mapeada, que os dados valiosos foram extraídos, que o controle das contas privilegiadas foi assumido e que todos os sistemas de backups foram descobertos. Só então, eles começam a encriptação.

Por mais que o grupo por trás do Ransomware Darkside vem atualizando seu malware com sua versão 2.0 em março de 2021, sua metodologia de ataque basicamente não sofre alterações. Eles apostam suas conquistas nas seguintes etapas:

  • Acesso Inicial
  • Controle do Ambiente
  • Coleta de Credenciais
  • Coleta e Preparação dos Dados
  • Encriptação
Recuperar dados Ransomware Darkside

Recuperar Arquivos Encriptados por Ransomware Darkside

Apesar das proezas e do nível de complexidade que o ransomware Darkside possui, a Digital Recovery vem ao longo dos últimos anos, recuperando dados e salvando empresas vítimas de ataque por ransomware. Nós podemos contar com especialistas em recuperação de dados encriptados. Nossas ferramentas nos permite recuperar dados em praticamente todos os dispositivos de armazenamento, como Servidores, Banco de Dados, Máquinas Virtuais, Sistemas RAID, entre outros.

Todas essas soluções foram desenvolvidas de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Devido a sensibilidade dos dados que uma empresa pode possuir, contamos também com um acordo de confidencialidade (NDA) para uma dupla segurança de seus dados.

A Digital Recovery consegue atuar hoje de maneira remota e se a situação exigir, oferecemos a recuperação em modo emergencial. Dessa maneira, nossos colaboradores ficam disponíveis em tempo integral para qualquer eventualidade.

Independentemente do nível de ataque que sua empresa sofreu, é possível que a Digital Recovery tenha a solução em mãos. Entre em contato com nossa equipe e efetue a recuperação de seus dados já.

FAQ | Recuperação de Ransomware

A cada dia, os ataques ransomware ficam cada vez maiores. Após uma tentativa de ataque bem sucedida, o ransomware mapeia rapidamente os arquivos mais importantes do usuário para iniciar a criptografia. Arquivos Microsoft Office, bancos de dados, PDFs e design estão entre seus principais alvos.

Os ransomware foram desenvolvidos para serem imperceptíveis, podendo assim, desativar todas as defesas do sistema sem serem notados e iniciarem o processo de encriptação dos arquivos. Ainda que o ransomware possa passar despercebido pelo sistema, ele ainda pode ser notado pelo usuário, porque o ransomware usa os recursos do próprio sistema para fazer a encriptação, isso pode deixar o sistema lento. O ransomware também altera as extensões de arquivos. Por isso, fique atento a esses sinais: Sistema com lentidão e extensões sendo acrescentadas aos arquivos.

Para saber mais, fale com nossos especialistas.

Sim, é possível. Você pode reiniciar o computador em modo de segurança o que irá limitar a ação do ransomware pois os recursos do sistema estarão bloqueados. Você também pode desconectar o computador da internet o que pode interromper a conexão dos hackers com o seu sistema, é válido lembrar que existem ransomware que funcionam mesmo sem estarem conectados à internet. Você também pode iniciar o diagnóstico para identificar ameaças com o seu antivírus, a grande maioria dos antivírus possuem essa função. 

Mas, há casos em que a encriptação foi interrompida pelo usuário, alguns arquivos já tinham sido afetados e isso causou um erro na encriptação e, nem os hackers puderam restaurar os arquivos, mesmo com a chave de descriptografia. Nesses casos apenas uma empresa de recuperação de dados, como a Digital Recovery, poderá recuperar os arquivos.

Para saber mais, fale com nossos especialistas.

Sim, os ataques costumam acontecer, principalmente, em feriados e fins de semana, durante a madrugada. Esses dias são escolhidos, pois não há muitos usuários ativos no sistema, o que evita que o ataque seja descoberto antes que a encriptação seja concluída.

Para saber mais, fale com nossos especialistas.

A grande maioria dos ransomware usam a encriptação RSA [Rivest-Shamir-Adleman]-2048 e AES [Advanced Encryption Standard].

Para saber mais, fale com nossos especialistas.

Antes de qualquer coisa, não faça o pagamento do resgate. Não importa o que os hackers falem, não há garantias de que de fato a chave de descriptografia será liberada após o pagamento do resgate. 

A primeira coisa a se fazer, é informar as autoridades sobre o ataque, os governos possuem departamentos especializados em crimes virtuais que irão investigar o ataque. Após isso, verifique se os backups foram atingidos, caso tenham sido afetados apenas uma empresa especializada na recuperação de dados poderá recuperar os seus arquivos, esse é o passo seguinte. Entrem em contato com a Digital Recovery que irá te auxiliar na recuperação completa dos seus arquivos.

Para saber mais, fale com nossos especialistas.

Após o primeiro contato e envio da mídia afetada iremos diagnosticar o dispositivo para verificar a extensão dos danos causados pelo ransomware, com isso podemos projetar a duração do processo, e disponibilizarmos o orçamento para o cliente. Após a aprovação por orçamento por parte do cliente, iniciamos o processo de recuperação, para isso possuímos softwares exclusivos que podem, com ajuda dos nossos especialistas, reconstruir os dados. 

Caso o cliente opte pela recuperação remota, ao invés de nos enviar a mídia, ele enviará os arquivos encriptados para um ambiente virtual, que é totalmente seguro, para que assim possamos acessá-los. 

Após o término do processo nós faremos um double check  para que o cliente possa verificar a integridade dos arquivos recuperados.

O pagamento só é feito após a entrega dos arquivos e a validação do mesmo feito pelo cliente.

Para saber mais, fale com nossos especialistas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Redação Digital Recovery
Redação Digital Recovery
O Team Digital Recovery é composto por especialistas em recuperação de dados que, de uma forma simples, tem o intuito de levar informação sobre as últimas tecnologias do mercado, além de informar sobre a nossa capacidade de atuar nos cenários mais complexos de perda de dados.
Estamos Sempre Online
Preencha o formulário e nós entraremos em contato com você para iniciar a recuperação de seus dados.
Para garantir uma melhor experiência em nosso site, ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies de acordo com nossa política de privacidade.