,
Aceitamos o desafio de recuperar os seus dados perdidos.

Como Recuperar Arquivos Apagados?

Deletar arquivos por engano é o mais comum de todos os erros quando se fala em problemas com arquivos. 

Em inúmeras vezes nos enganamos em acreditar que estamos limpando a sujeira e organizando a casa, mas na verdade estamos jogando fora arquivos importantes que demoraram muito tempo para serem produzidos.

Pior do que excluir um arquivo importante, é sentir a falta dele somente muito tempo depois do ocorrido. Felizmente, para os casos de exclusão de arquivos foi criado o que nós chamamos de Lixeira Virtual. 

Em outras palavras, quando eu jogo um objeto qualquer no lixo e em seguida quero ele de volta, basta ir no lixo, retirar o objeto e guardá-lo novamente. 

Com arquivos eletrônicos é basicamente a mesma coisa. Se eu deletar um arquivo e em seguida percebo que o arquivo é importante, vou até a lixeira e pego o arquivo novamente.

Em determinadas situações isso pode não funcionar corretamente, pois a lixeira possui uma capacidade pré-configurada e nem tudo o que é excluído para a mesma pode ser pego de volta. 

Neste caso, seria como se eu jogasse um objeto no lixo e quando o fosse buscar, o lixo já tivesse sido recolhido pelo serviço de coleta.

A Lixeira do Windows é um recurso que permite que uma área do disco (normalmente 5%) seja reservada para guardar arquivos que são deletados. 

Porém, quando os arquivos excluídos excedem a capacidade de armazenamento da lixeira, o sistema operacional que gerencia a lixeira começa a descartar os arquivos mais velhos para poder armazenar os arquivos mais novos.

Caso isso aconteça você vai precisar de uma ajuda especializada para recuperar os arquivos que foram excluídos da lixeira.

Em nosso histórico de problemas consta um número muito grande de casos em que os arquivos desapareceram repentinamente em situações em que o usuário não necessariamente deletou as informações. As causas mais comuns desse tipo de desaparecimento de arquivos são:

  • Exclusão por engano
  • Exclusão por outros usuários do computador
  • Exclusão por outros usuários da rede que tem acesso ao computador onde os arquivos sumiram
  • Remoção dos arquivos para outros diretórios acidentalmente
  • Ataque de vírus
  • Invasão de hackers
  • Corrupção do sistema de partição

Além da perda de arquivos por exclusão, também pode haver a perda por falhas no armazenamento que causa corrupção ou subscrição de dados.

Recuperar Arquivos perdidos

Corrupção dos Arquivos

Arquivos de dados corrompidos são arquivos que, por algum motivo, sofreram corrupção em sua estrutura interna e deixaram de funcionar ou passaram a funcionar parcialmente.

Os tipos de arquivos mais comuns que sofrem corrupção de dados são:

  • Arquivos do Microsoft Office – Microsoft Word, Microsoft Excel, Microsoft Powerpoint, Microsoft Access
  • Arquivos de Banco de Dados – Microsoft SQL, MySQL, Oracle, Sybase, .DBF, .DB, Interbase, Paradox
  • Arquivos de Backup e Compactadores – Zip, RAR, PKUnzip, Microsoft Backup
  • Arquivos de Emails – Outlook Express, Lotus Notes, Microsoft Outlook, Microsoft Exchange

Problemas Apresentados:

  • Corrupção de Dados (Parcial ou Total)
  • Impossibilidade de Acesso aos Dados (Parcial ou Total)

Subscrição de Dados

Outro erro comum é quando cometemos erros em relação a versão dos arquivos. Ao invés de copiar um arquivo novo sobre o arquivo velho, fazemos o contrário, gravamos um arquivo velho sobre o arquivo novo, que está em uso.

Solução do problema:

Neste caso não há muito o que fazer. Pode-se tentar mergulhar no disco em baixo nível e achar uma cópia desatualizada do arquivo. Porém, achar a cópia atual é pouco provável que aconteça.

Como Proceder Após a Perda de Dados

A reação mais comum nesses casos é buscar no Google uma solução rápida ou ligar para um amigo técnico de informática. Essas soluções nunca são eficazes e acabam piorando ainda mais o cenário que já é crítico. 

Existem na web diversos programas que prometem recuperar arquivos deletados da lixeira, porém, tentar realizar este processo sem qualquer conhecimento pode piorar o problema. Se você perdeu dados e os mesmos são muito importantes, tenha em mente que ao tentar recuperar os arquivos você pode piorar a situação. 

Nesses casos, existem algumas recomendações de “boas práticas” que podem salvar os dados que foram apagados:

  • A primeira coisa a fazer é manter a calma e controlar o pânico. Nenhum arquivo é realmente mais importante que sua vida. Se você conseguir se acalmar poderá refletir melhor e escolher qual é a solução ideal para o problema.
  • Se você não está seguro do que aconteceu, chame o seu suporte técnico para realizar uma avaliação e certificar que o arquivo realmente foi perdido. Certifique se foi realizada alguma cópia de segurança e qual é a data da mesma.
  • Quando um arquivo é deletado da lixeira, o mesmo é retirado da tabela de arquivos e o Sistema Operacional é informado que a área que o arquivo estava gravado está agora disponível para uso. Embora desalocado e sem acesso pelo usuário, o arquivo ainda continua gravado nos setores do HD. Sendo assim, a melhor coisa a fazer é desligar o computador. Caso contrário, tudo o que fizer (entrar na internet, baixar programas, instalar programas, recuperar os dados para o HD) estará contribuindo diretamente para sobrescrever os setores do arquivo e tornar a recuperação definitivamente impossível. Pois com a exclusão, a área em que o arquivo ocupava estará disponível para receber qualquer uma destas informações.
  • Não grave qualquer informação na mídia onde ocorreu a exclusão dos arquivos. Para evitar gravação de dados no HD o melhor a fazer é retirar o HD e colocá-lo como Slave em outra máquina ou então em um Case USB. Se nunca fez isso antes e quiser continuar a tentar recuperar o arquivo, chame um técnico em computadores para auxiliá-lo. Lembre-se: Se ao tentar resolver um problema você cria outro pior, é melhor não fazer nada.
  • Se os arquivos forem recuperados, não grave absolutamente nada no HD até que tenha certeza que os seus arquivos estão funcionando perfeitamente. O fato de ter usado um programa para recuperar dados e ter achado um arquivo com o mesmo nome do arquivo que você precisa, não significa que ele é o arquivo que você precisa e nem muito menos está funcionando corretamente. Abra o arquivo e confira todas as informações. Quando trabalhamos com arquivos de texto ou planilha, o Windows grava diversas cópias deste arquivo em diretórios temporários. As vezes é possível achar um arquivo que embora tenha o mesmo nome, é uma versão bastante desatualizada do arquivo original.
  • Evite ligar e desligar o computador repetidas vezes para ver se o arquivo não voltou para o lugar onde estava. Se você o deletou, ele não irá voltar para a pasta sozinho.
  • Se sua tentativa não resolver o problema e você ainda continua precisando dos arquivos, procure uma empresa especializada em recuperar arquivos.

Recuperação de Arquivos Excluídos.

  • Ainda que os arquivos sejam apagados da lixeira e não tenham mais nenhum registro no sistema operacional, a recuperação ainda é possível. Isso porque, ainda ficam vestígios dos arquivos no HD.  
  • Essa recuperação só pode ser feita por uma empresa especializada em recuperação de dados. Para esse tipo de recuperação é necessário um conhecimento profundo sobre o funcionamento do HD para que não haja subscrição de dados após a recuperação dos arquivos apagados. 
  • Nós da Digital Recovery somos especialistas em recuperação de dados, em todos os dispositivos de armazenamento (HDHD ExternoHD de NotebookSSDCartão de Memória, Pen DriveStoragesFitas Magnéticas). Possuímos as tecnologias necessárias para recuperar os seus arquivos. 
  • Também fazemos recuperação de arquivos em CD, DVD e Blu-ray.

Perda de Arquivos em CDs, DVDs e Blu-ray

CDs, DVDs e Blu-ray ‘s são dispositivos ópticos de armazenamento de dados que utilizam luz (laser) como forma de leitura e gravação.

Embora sejam baseados na mesma tecnologia, existem mais de 10 tipos desses dispositivos ópticos.

 Veja:

  • CD – Compact Disc
  • DVD – Digital Video Display
  • Blu-ray – Raio Azul
  • VMD
  • EVD
  • Mini DVD
  • UMD
  • HVD
  • Archival Disc
  • DVD-A

Problemas Apresentados

Os problemas apresentados por CDs, DVDs e Discos Blu-ray são na sua maioria ocasionados por mau uso e formatação, em caso de dispositivos regraváveis. Os problemas mais comuns são:

Problemas Lógicos
  • Exclusão ou Corrupção de Informações
  • Formatação (Dispositivos Regraváveis)
  • Sobrescrição de Informações (Dispositivos Regraváveis)
Problemas Físicos
  • Arranhões (Ferimento no acrílico de proteção)
  • Deformações ou estragos na película de dados
  • Quebra do disco

Recuperação de Arquivos em CD, DVD e Blu-ray

As tecnologias utilizadas para solucionar casos de perda de dados em CD/DVD/Blu-ray, estão associadas a conhecimento avançado de processos de leitura e gravação de dados e acesso em baixo nível nestes dispositivos.

Se o CD/DVD/Blu-ray estiver arranhado ou sujo, muito cuidado ao tentar limpá-lo, pois isso poderá gerar outros riscos e piorar o problema.

Envie o dispositivo para uma empresa especializada em recuperação de dados de sua confiança.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Isaias Sardinha
Isaias Sardinha
Isaias Sardinha, CEO e fundador da Digital Recovery, atua há mais de duas décadas na recuperação de dados perdidos, é perito em disaster recovery e no desenvolvimento de tecnologias para recuperação de dados, como a Tracer, ferramenta capaz de recuperar dados em RAID System, Storage, Máquinas Virtuais, Banco de Dados e Ransomware.
Estamos Sempre Online
Preencha o formulário e nós entraremos em contato com você para iniciar a recuperação de seus dados.
Confira outros artigos que você pode gostar

Conheça mais sobre a recuperação de dados e as inovações do universo da tecnologia.

Para garantir uma melhor experiência em nosso site, ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies de acordo com nossa política de privacidade.