Aceitamos o desafio de recuperar os seus dados perdidos.

Máquinas Virtuais Afetadas por Ransomware

Recuperação de dados máquinas virtuais

Após uma sequência de grandes ataques cibernéticos que afetou diversos servidores virtuais de muitas empresas ao redor do mundo, um temor vem crescendo no meio empresarial.

As empresas que terceirizaram os servidores, para não precisar arcar com os custos e ter o trabalho de administrar os serviços e os custos com a manutenção, começam a repensar as estratégias a longo prazo.

O que fica em destaque até este momento, é que não precisa fazer muito esforço para ser atacado por uma quadrilha cibernética e perder todos os dados armazenados. E, após o ataque parece que todas as medidas para impedir os ataques são impotentes.

Temos notado uma crescente de pessoas e funcionários mal intencionados dentro das empresas, que acabam liberando o acesso ou vendendo em troca de uma comissão. Os grupos hackers têm investido nessa tática.

A partir do momento em que uma empresa desenvolve os seus projetos de segurança, imaginam que suas muralhas (firewalls) são fortificadas e que possuem vigias e sentinelas em tempo integral rondando o seu projeto.

Isso não passa do mundo da imaginação, existem campanhas ativas na internet para que os hackers procuram falhas em sistemas, para roubar ou sequestrar os dados armazenados nos data centers.

Os dias passam e os hackers continuam investindo tempo e dinheiro em projetos e equipamentos sofisticados para aumentar a produção e a quantidade de servidores infectados por malwares e ransomwares.

Talvez, não seja de conhecimento dos menos aficionados por tecnologia, mas existem fóruns que facilmente se compra um ataque hacker e por um valor relativamente barato, em vista dos estragos causados no ataque.

Recuperar Máquinas Virtuais Após Ataque Ransomware

Após as máquinas virtuais serem atacadas por Ransomware, não existem tantas coisas que um técnico possa fazer, a não ser recorrer a uma empresa especializada em recuperação de arquivos encriptados por ransomware.

Talvez, por desencargo de consciência, é válido recorrer aos meios arcaicos e desconectar os cabos de rede que distribui o acesso a internet, após ter sido atacado.

A realidade é que, após os guests serem atacados, o temor que fica é para que não tenham pastas públicas que sejam compartilhadas diretamente com o host.

De fato, se durante a configuração haja uma pasta pública, este se tornou o melhor dos mundos para os hackers, pois desta forma eles conseguirão uma escala de privilégios, que antes não estava em seu plano efetivo de ataque.

Existe uma lógica, que precisa ser esclarecida, quanto maior o número de dados sequestrados, quanto mais valiosos e vitais forem os dados encriptados, maior será o ticket de pagamento em criptomoeda, para ter acesso a chave de descriptografia.

É um tanto lógico, porém é necessário que isso seja esclarecido, pois os cibercriminosos serão sempre astutos e quanto mais souberem que os dados são críticos, é a chance que têm de aumentar o valor a ser negociado.

Compartilhar informações valiosas, senhas, acessos ao sistema, de forma imprudente, são maneiras simples de serem manipuladas, encontradas e invadidas.

Uma dica valiosa, é usar senhas de autenticação de dois ou mais fatores, para acesso ao sistema, senhas que expiram a cada 10 segundos, ambientes criptografados, onde para tentar acessar a senha master, seja extremamente difícil.

Da mesma forma que os hackers trafegam pela internet, a níveis semelhantes de segurança, a forma como valorizam a privacidade e acessam os sites, são sinais importantes, que precisam ser replicados em nosso dia a dia.

Negligenciar a realidade de que a internet é um ambiente hostil, é o início dos ataques ransomwares serem bem sucedidos.

Evitar a todo custo, péssimos hábitos em torno de todo o trabalho online.

Evitar contato ou negociação com criminosos, pois pelos fatos e evidências não há questionamentos, de que o abalo psicológico por parte das vítimas, as tornam totalmente vulneráveis e fáceis de serem manipuladas.

Conte com a Digital Recovery para recuperar arquivos encriptados por ransomware, podemos recuperar ransomware de qualquer extensão mesmo sem a chave de descriptografia.   

Facebook
Twitter
LinkedIn
Isaias Sardinha
Isaias Sardinha
Isaias Sardinha, CEO e fundador da Digital Recovery, atua há mais de duas décadas na recuperação de dados perdidos, é perito em disaster recovery e no desenvolvimento de tecnologias para recuperação de dados, como a Tracer, ferramenta capaz de recuperar dados em RAID System, Storage, Máquinas Virtuais, Banco de Dados e Ransomware.
Estamos Sempre Online
Preencha o formulário e nós entraremos em contato com você para iniciar a recuperação de seus dados.
Confira outros artigos que você pode gostar

Conheça mais sobre a recuperação de dados e as inovações do universo da tecnologia.

Para garantir uma melhor experiência em nosso site, ao continuar navegando, você concorda com o uso de cookies de acordo com nossa política de privacidade.